quarta-feira, 3 de maio de 2017

Prova da I Unidade (Turma 1ºD Vespertino)

Escreva um texto dissertativo, com o mínimo de 25 linhas, explicando o que foi o Código de Hamurábi, expondo as suas características e a sua importância para o avanço jurídico dos povos mesopotâmicos.





PERÍODO: 12/05 - 14/05.

OBSERVAÇÕES: Não será aceito postagem fora do prazo, assim como também, cópias da internet, livros ou revistas. O objetivo desse trabalho é fomentar a produção textual, e não colagens de trabalhos alheios.
Vale lembrar, que no Brasil, plágio é crime!

Valor: 04 pontos.

19 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Código de Hamurabi
    O código de Hamurabi, mais conhecido por “olho por olho dente por dente”, principio criado por Talião, foi um código composto com 282 leis muito importante na Ásia entre 1700 antes de Cristo, o código se encontra hoje no museu do Louvre em Paris, e hoje ele é visto como a mais fiel origem do direito. Durante aquele tempo haviam muitas mortes causadas por coisas banais, com isso, as pessoas principalmente as famílias não tinham total controle do que estavam fazendo.
    A população da Ásia entre 1700 antes de Cristo, essas pessoas não tinham a mínima noção do que estava fazendo, com isso o principal objetivo de Hamurabi era organizar uma sociedade e não deixar que ela virasse um caos, então ele pensou que se as leis force mais acessíveis a ler, as pessoas seriam muito mais capazes de ler e compreender se o indivíduo era inocente ou culpado.
    A Mesopotâmia era formados com varias cidades e estados, essas pessoas elas brigavam entre si, como também, os familiares naquela época, eles perdiam o controle por coisas banais, por exemplo se um vestir a mesma roupa que o outro ou rasgar a roupa dos outros ou sujar a roupa, era motivo de matar o outro, com isso os Amorreus da Babilônia dominaram os acádios e eles unificaram a Mesopotâmia sob o poder do guerreiro Hamurabi, dessa forma ele iniciou uma enorme construção de uma imensa muralha em volta da Babilônia, com o objetivo de terminar com a violência, então ele usou da mesma para acabar de uma vez por todas a tão temida violência. Naquele tempo se um médico realizasse uma cirurgia e nesta utilizar uma faca de operações e infelizmente acabar matando o paciente, as suas mãos deveriam ser cortadas, ou, se um construtor fizer uma casa e após sua finalização ela por algum momento desabar e acabar matando o dono da casa o construtor deveria ser morto como também se alguém for preguiçoso demais para manter a sua barragem em condições adequadas e se não fazer a manutenção dela, caso a barragem se rompa e destrua os campos, o responsável deveria ser vendido e o dinheiro que conseguissem com a venda do indivíduo seria para substituir as centenas de cereais que ele prejudicou, então com essas leis a população levaria todas as coisas muito mais a serio e o índice de violência iria diminuir bastante.
    Apesar de ter seus pontos negativos, Hamurabi foi bastante elogiado, sendo considerado um excelente administrador, não só apenas pelas as suas conquistas e sim com seu código pois fez com que o Império Babilônico prosperasse muito, pois a final essas leis realmente tinham muito a ver com tudo isso, assim a sociedade seria organizada de uma maneira muito mais eficiente.
    Contudo, mesmo com as leis do código de Hamurabi sendo muito extremistas, existem muitas outras leis piores, como a lei do Calígula quando foi o imperador de Roma, ele gostava muito do seu cavalo que estipulou uma lei que o seu próprio cavalo se tornasse um senador, como também na Finlândia as mulheres só se casam se souberem ler, com isso pode-se dizer que existem varias outras leis muito mais absurdas, porém, Hamurabi afirma que elaborou o conjunto de leis “para que o forte não prejudicasse o mais fraco”.




    COMPONETES: Gabriel da Silva Santos, Lucas Luis, Maicmilan Azevedo , Hellen Gabriele,Vivian.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. -A lei não foi criada por Talião. Talião é um principio de igualdade aplicada à justiça.
      -Faltou deixar claro o por que a Lei de Talião seria um avanço no plano jurídico.

      Excluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. CÓDIGO DE HAMURABI
    Código de Hamurabi é um conjunto de 281 leis criada a três mil anos a.C pelo 6° rei da Suméria chamado Hamurabi, até hoje tem cópias dessas leis em pedras do tamanho de um humano médio e em pedras menores.
    As leis são as mais fiéis origem do Direito. São as leis mais antigas que se tem conhecimento e o artigo mais conhecido é a Lei de Tailão. No seu original tem 3.600 linhas, sendo que nessas linhas tem 280 artigos mas que não são todos conhecidos.
    É um código originado na Mesopotâmia, tinha como características​, castigos para quem não seguisse a lei e as regras. " Olho por olho e dente por dente ", tem uma biblioteca em Paris que tem muitos relatos de tortura e punição para quem desobedece as regras da lei.
    A lei foi criada com ideia de organizar a sociedade dentro das leis punitivas.
    Havia uma grande desigualdade de leis pelas populações de alta classe como Reis, Sacerdotes e Militares
    As leis eram do tipo que se a pessoa roubasse uma criança era condenado a morte, se invadisse uma casa era sacrificado na frente da casa que cometeu o crime e ser enterrado ali mesmo.
    Se alguém fizer uma acusação a outra pessoa e essa pessoa ir no rio e pular neste rio, se caso ele afundar, o acusador podia ficar com a casa do acusado e se o acusado escapasse ileso ele não seria culpado e então a pessoa que fez a acusação era condenado a morte e o acusado que pulou no rio e saiu bem, ele poderia ficar com a casa do que foi condenado a morte.
    O código foi muito importante porque teve início bem antes dos povos Romanos, não era obrigatório ser usado pelos Juízes e as leis dos governantes naquela época.
    Essa lei tem como objetivo criar normas que possam organizar a vida cotidiana das pessoas sendo assim foi espalhadas cópias do código para as regiões do Reino. Era considerada criminosa a pessoa que não cumprisse com as leis do código pela sua relação social
    Baseado na Lei de Talião a punição mais usada é a morte como nos dias de hoje, tudo se volta para a agressividade seja por motivos de dinheiro, intrigas, negócios, causas na justiça. Hoje em dia existe essa lei não concreta mais na consciência das pessoas que fazem justiça com as próprias​ mãos. A punição por um erro é sempre a morte.
    O Rei Humarabi foi o sexto rei da Suméria da primeira dinastia, seu reinado durou 58 anos, Ele era um rei muito forte que tinha seus conceitos e princípios além de criar o código ele conquistou varias cidades e regiões e fez normas de administração, O código de Hamurabi é muito importante pois representa o conjunto de leis escritas sendo um dos exemplos mais bem preservado.

    Nomes: Keven Victor, Thaisa Carvalho, Valéria Santana, Mary Emilly, Maxuel Normando e Lorrane Andrade.
    Turma: 1°D Vespertino
    Prof° Wagner Aragão Teles

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. -Cuidado com a organização textual.
      -Não deixou claro por que as leis de Talião seria uma avanço no plano jurídico.

      Excluir
  9. CÓDIGO DE HAMURABI.
    O bloco original em que foi escrito o código encontra-se atualmente no museu louvre em Paris, apesar de ser considerado um código o mesmo não apresenta formato de código. A sociedade que produziu o código era uma sociedade estratificada, era dividido em classes denominadas awilu, mushken e wardu, que diferenciavam escravos, camponeses, arlesões, comerciantes, semi-livres, entre livres e homens livres desclassificados na sua maioria estrangeiros.
    Pode se observa que a legislação é totalmente feita pela parcialidade em favor da classe superior os chamados AWILUM, o que dava a entender que somente eles possuíam o direito pois frequentemente era usada a palavra AWILUM.
    Como por exemplo: Se um AWILUM alugou animas um carro e seu condutor dará três parsiktum de grão por dia, o que demonstra que o código não trata de todos como igualdade pois se assim fosse não havaria a necessidade de separação em classe.
    Encotramos ainda no código informação de uma parte do planeta chamada mesopotâmica que contém dois rios importantíssimos o Tigre e o Eufrades e por isso encontramos no código artigos que falam sobre a importância da água que é representada no código pela função dos barqueiros.
    O código de Hamurabi é uma compilação de 282 leis da antiga babilônia,composto por volta de 1772 a.C, Hamurabi era o sexto rei da babilônia, era responsável por decretar o código conhecido com o seu nome,Esse código de Hamurabi é visto como a mais fiel origem do direito. Esse código foi escrito/gravado em um bloco, e parte desses artigos foram apagados quando o bloco foi levado para Susa, confiscado depois de uma guerra, está composta por vários fragmentos, sendo alguns civis, outros penais, alguns referentes ao direito do trabalho, etc.
    Por fim o objetivo do código era trazer a justiça memo que a maioria dos 282 artigos sejam de forma que não corresponde as idéias mais modernas de justiça científica.

    Aluna: Cauane Hellen.
    Turma: 1°D Vespertino.
    Prof° Wagner Aragão Teles.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não atingiu a quantidade mínima de linhas.
      http://www.infoescola.com/historia/codigo-de-hamurabi/
      http://www.infoescola.com/historia/codigo-de-hamurabi/

      -Não explicou por que o código constituia um avanço no plano jurídico.

      Excluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. No século XVIII a.C., o rei babilônio Hamurábi conseguiu unificar o povo e expandir seu domínio na política da mesopotâmia, possibilitando grandes avanços na agricultura através da canalização dos rios, e na arquitetura babilônica, criando grandes templos luxuosos, para venerar o deus Marduk.
    Hamurábi estabeleceu o primeiro código de leis do mundo, formado por 281 leis. Baseado nas Leis de Talião “olho por olho, dente por dente” que estabelecia punição aos crimes conforme a gravidade de seu delito. Se um habitante da Mesopotâmia fizessem alguma ação que prejudicasse o outro, ele seria punido,para não generalizar conflitos e impor regras severas. As punições não eram as mesmas para os escravos, ao contrário sofriam os piores castigos.O código encravado em uma grande pedra escura e registrado com uso da escrita cuneiforme, essas normas jurídicas tiveram grande importância na organização do Estado babilônico. Hoje em dia essas leis vão parecer exageradas mais na época eram consideradas uma forma de justiça. O código de hamurabi se tornou um dos mais famosos na antiguidade, pois mantia ordem no povo. A sociedade deles eram divididas em três classes:
    •Primeiro: Com pessoas independentes do reino;
    •Segundo: Funcionários públicos que tinham regalias nas suas terras; •Terceiro: Escravos, que eram vendidos e que trabalhavam até conseguir sua liberdade.

    Educador: Wagner Aragão Teles
    Educando:Maria Eduarda Camisasca, Lavínia Sá,Clevia Adriadne, Gizele Alvez e Lucas Candido

    ResponderExcluir
  12. COLÉGIO ESTADUAL PROF. EDILSON SOUTO FREIRE
    ALUNA: Tais De Souza Barbosa, Eliseu Conceição Dias, Edilene Das Dores Santos, Adriele Dos Santos Silva TURMA: 1D
    PROFESSOR: Wagner Aragão Teles

    DEFINIÇÃO, CARACTERÍSTICA E IMPORTÂNCIA DO CÓDIGO DE HAMURABIO

    O código de Hamurabi é o mais importante e um dos mais antigos códigos que temos registrados, o documento jurídico da antiguidade, datado por volta do século XVIII a.C., criado durante o reinado do rei Hamurabi, um rei amorita, (daí o nome: código de Hamurabi). O código de Hamurabi foi escrito em caracteres sumério, o código de Hamurabi surgiu na Mesopotâmia. Tomemos uma breve descrição do governo deste rei. Bem, Hamurabi governou a antiga Mesopotâmia entre 1750 a 1772 a.C., unificando até então as cidades estados que situavam-se ao longo dos rios Tigres e Eufrates, criando então, o primeiro império Babilônico.
    O código de Hamurabi caracteriza-se por conter 282 leis gravadas em uma Estela (espécie de monumento), podemos observa que nessa estela contém um detalhe, onde temos duas figuras importante, a figura que está sentada no trono e Shamash, (deus do sol e da justiça) e a figura que está recebendo esse, documento, papiro ou pergaminho e o próprio rei Hamurabi, ou seja o código de Hamurabi representava a lei justa dos deuses. O código de Hamurabi estava baseado em um princípio que já existia dentro da Mesopotâmia, que era chamado Princípio de Talião, (Olho Por Olho, Dente Por Dente), “Se uma pessoa roubar a propriedade de um templo ou corte, ele será condenado à morte e também aquele que receber o produto do roubo deverá ser igualmente condenado à morte”. Tais leis foi escrita em cuneiforme arcádica, disposta em 46 colunas e 3600 linhas, tudo isto entalhado em pedra negra, pois acreditava-se que as pedras era símbolo da eternidade.
    Diz as lendas que Hamurabi recebera dos deuses do Oráculo, as leis de justiça, mas sabe-se hoje que o dito código de Hamurabi se derivou de antigas tradições já existentes. Vale ressaltar que tais leis abrangia toda a vida da sociedade mesopotâmica e que, na verdade, este código foi a única legislação do império, até mesmo após a morte de Hamurabi. Diante de tudo isso ficam as perguntas: Qual a importância do código de Hamurabi? Qual se reflexo no avanço jurídico da Mesopotâmia?
    Bem, o principal feito deste código para a época foi a instauração da paz, pois Hamurabi viu que, não só as armas e as guerras seria necessário para este fim. Portanto, com uma visão visionária o rei impôs por meio deste regras práticas para o: comércio, política, religião, roubo, danos a pessoa etc... Diga-se de passagem o rei também era “submetido” às leis, entre tanto, havia pesos para as classe sócias (como perdura ainda hoje).
    Se analisa-se bem, ver-se-á que o código de Hamurabi teve influência, não só nos povos da mesopotâmia, mas também, estendeu-se a outros povos do oriente médio, tal como os irrealista.
    Toda via, alguns mandamentos do livro sagrado (leis de Moises), assemelha-se muito as leis do código de Hamurabi, ressalta-se ainda que o próprio Jesus Cristo citou em uma passagem (Mateus 5:38 a 48) a mais famosa lei do código de Hamurabi, isto é, a lei de Talião (olho por olho, dente por dente).
    Portanto, pode-se concluir que, o código de Hamurabi foi sem dúvida de extrema importância para a regulamentação das leis na mesopotâmia, como também, para o avanço jurídico na história da humanidade, pois influenciou vários povos. Assim sendo, vale destacar que este código surgiu antes do direito jurídico grego e romano e que, diferente destes, as pernas no código de Hamurabi geralmente resultava em morte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faltou explicar melhor sobre de que maneira a lei de Talião foi um avanço no plano jurídico.

      Excluir