quarta-feira, 3 de maio de 2017

Prova da I Unidade (Turma 2ºD Matutino)

Escreva um texto dissertativo, com o mínimo de 30 linhas, expondo o que foi a União Ibérica e as suas consequências para a história do Brasil.





PERÍODO: 12/05 - 14/05.

OBSERVAÇÕES: Não será aceito postagem fora do prazo, assim como também, cópias da internet, livros ou revistas. O objetivo desse trabalho é fomentar a produção textual, e não colagens de trabalhos alheios.
Vale lembrar, que no Brasil, plágio é crime!

Valor: 04 pontos.

15 comentários:

  1. Por volta do século XVI e meados do século XVII (1580-1640) ocorria na Península Ibérica, um fenômeno político marcado pela união das coroas de Portugal e Espanha. Dando assim, início à chamada União Ibérica, e constituindo um grande Império colonial que perdurou por sessenta anos.
    A união das coras se deu após o desaparecimento e morte de Dom Sebastião na Batalha de Alcácer Quibir, gerando uma instabilidade no trono português. Pois ele não havia designado nenhum herdeiro. Seu tio avô Dom Henrique incubiu-se temporariamente da coroa, mas por sua idade avançada acabou morrendo dois anos depois. Tendo em vista a crise na coroa portuguesa, o rei espanhol Felipe II, usa tal fator como pretexto para unir as duas coroas.
    Portugal detinha a hegemonia administrativa e os bens de ambas as coroas não estavam atrelados. Mesmo com todos esses fatores, nada foi capaz ao ponto de impedir a decadência acelerada do reino português, levando consigo as inúmeras e desastrosas guerras que a Espanha mantinha na Europa contra a Inglaterra, a França e a Holanda.
    Ainda que preservando as características principais da colonização lusitana, a União Ibérica por outro lado, foi a causadora de algumas mudanças. Com a união das coroas as nações inimigas da Espanha ganham através da invasão do território colonial lusitano, uma forma de lesar o rei Felipe II. De forma que durante o tempo vigente da União Ibérica, povos ingleses, holandeses e franceses tentaram dominar o Brasil.
    Dentre tantas tentativas, destaca-se em particular, a invasão holandesa, obtendo o domínio da atividade açucareira em aproximadamente todo o litoral nordestino.
    No ano de 1640, através da chamada Restauração, Portugal obteve a vitória sobre o domínio espanhol, gerando consequentemente o fim da União Ibérica. Com o fim do conflito Portugal passa a viver sob controle da Dinastia Braga, iniciada por Dom João IV.

    Equipe: Alan Lima, Alana Queila, Brenda Nuniz, Carol Souza, Felipe Santos, Gabriel Santos, Jemima Moura, Maria Vitória, Vitória Lacerda, Sabrina Oliveira e Tainá.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. -Faltou detalhar os motivos que levaram às invasões holandesas; consequência da União Ibérica.
      -Não tratou da expansão do território brasileiro; outra consequência do período da União Ibérica.

      Excluir
    2. Não atingiu a quantidade mínima.

      Excluir
    3. Não atingiu a quantidade mínima de linhas.

      Excluir
  2. A união ibérica foi a junção de dois países ( Portugal e Espanha ). O sebastianismo representou a mente portuguesa durante muitos anos, o nome vem do rei Dom Sebastião, que foi o alvo principal para unir as coroas ibéricas. O sumiço do rei gerou muito desconforto e crise, o que levou a Portugal ser governado pelo rei da Espanha, não demorou muitos anos para o tio-avô de Dom Sebastião falecer sendo ele o único herdeiro, então deixou o trono sem herdeiros. Isso facilitou para o rei espanhol que governou por um tempo, e então veio o golpe da restauração de Portugal, onde Dom Felipe II foi considerado legítimo Herdeiro de Dom Sebastião. Felipe II proibiu produtores e comerciantes de negociar com holandeses, e fez um bloqueio econômico que prejudicou os holandeses que exportavam os produtos do Brasil, como pau-brasil, algodão e açúcar. Pelo fato das chegadas de Portugal e Espanha terem sido muito próximas para não gerar conflito entre eles foi assinado o tratado de Tordesilhas, limitando as áreas exploradas e conquistadas por cada país. Mais as regras do tratado de Tordesilhas não foram cumpridas. A Espanha e a Holanda disputavam território da América. Portugal e holanda criou diversas batalhas com planos de liderar o comércio de açúcar no nordeste do Brasil e excluiu os holandeses o que gerou uma grande crise econômica, por que os holandeses passaram a cultivar os produtos nas antilhas e vendiam mais barato no continente europeu o que desvalorizou o comércio de Portugal. E essa concorrência entre o açúcar do Brasil e o das Antilhas provocou o fim do monopólio. Houve uma invasão francesa no Brasil, com a chegada de Dom João IV e Portugal adquiriu poder político e houve outro golpe de restauração o que acabou com a união dos países. A união ibérica foi desfeita com a restauração do trono português.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. -Não atingiu a quantidade mínima de linhas.
      -Como o Rei sumiu?
      -Texto confuso!!
      -Cadê os componentes?

      Excluir
  3. Na União Ibérica teve diversas consequências no período em que a Espanha ditava Portugal. Os ataques estrangeiros marcara o litoral brasileiro, além disso, houve uma interrupção d tráfico negreiro.
    A União Ibérica foi à união de duas monarquias, ou seja, duas coroas (Portugal e Espanha), um fato que vale ressaltar é que essa “união” embora o termo signifique algo positivo começou de forma conturbada um vez quem em 1578, Portugal entrou em conflito com Marrocos, na conhecida batalha e Alcácer-Quibir tendo Portugal sofrido uma dura perda que afetou a coroa diretamente, isso porque Dom Sebastião morreu no conflito deixando o trono sem sucessores por não ter herdeiros, após a morte do único que poderia assumir seu lugar deu início a União Ibérica onde Portugal e Espanha, ou seja, seus parentes distantes começaram a disputar o trono. Existem várias consequências da junção dessas coroas, uma delas foi à crise que afetou o reino e uma dessas crises no período colonial foi o fechamento dos portos e Ibéricos aos navios Flamengos. Os franceses, holandeses e ingleses não gostaram desta união (Portugal e Espanha), e ficam contra o Brasil, a principal consequência foi que se tornou possível que os portugueses ocupassem áreas espanholas, ampliando os limites territoriais do Brasil, além do que era permitido pelo tratado de Tordesilhas. O bloquei naval foi que favoreceu para que os Holandeses invadissem o nordeste brasileiro, sendo que os holandeses tiveram o controle do comércio de açúcar no Brasil. Após a saída da Holanda, o nordeste brasileiro estava em decadência, pois perdeu o seu monopólio de açúcar.


    Grupo: Cassia Mota,Gilmara Rodrigues,Jéssica Souza, Lavínia Fernandes, Vitória Souza,Thais Lima,Thais Meireles

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. -Não atingiu a quantidade mínima de linhas.
      -Não tratou da expansão territorial do Brasil; consequências do período da União Ibérica.

      Excluir
  4. A União Ibérica foi a união entre as coroas portuguesa e espanhola, a união ocorreu entre a metade do século XVI e a primeira metade do século XVII (1580-1640). As decisões principais referentes a Brasil e Portugal estiveram sob o mando direto de Portugal.
    No Brasil, o episódio teve agressões estrangeiras por parte dos franceses, holandeses e ingleses, a principal consequência foi que possibilitou que colonos portugueses ocupassem áreas espanholas, alargando os limites territoriais do Brasil para além dos determinados pelo Tratado de Tordesilhas. A União Ibérica representou um aumento no poderio-mor tendo como objetivo diminuir abusos na arrecadação e a corrupção. A Espanha era inimiga da Holanda, o Rei, cortou as relações do comércio de Portugal/Brasil com a Holanda, sendo que na época o principal produto do Brasil era o açúcar. Com a morte de Dom Sebastião, em 1528, cresceu-se uma crise em Portugal. Devido a sua morte ele não teria deixado herdeiros, então surge Felipe II que passou a ser Rei não só da Espanha como também de Portugal, com isso a união entre esses dois países se tornariam mais fáceis. A nobreza e a burguesia apoiaram o novo monarca buscando manter seus interesses, assim terço dos privilégios do primeiro e o monopólio do tráfico negriteiro e do exclusivismo comercial com as colônias pela segunda. A união das duas coroas peninsulares propositou a constituição de um grande império colonial ibérico que durou 60 anos. Dentro de Portugal mantia a autonomia administrativa e seua domínios continuaram separados das possessões espanhóis. Nada disso entretanto, impediu a aceleração da decadência do reino português, arrastado nas sucessivas e desastrosas guerras que a Espanha sustentava na Europa contra a Inglaterra (em que ocorreu a destruição da invencível Armada-Esponhola). O litoral brasileiro foi marcado pelos ataques de corsários estrangeiros, principalmente ingleses. A supressão temporária dos limites de Tordesilhas, por outro lado, possibilitou a expansão territorial na colônia. A interrupção do tráfico negreiro no contexto das invasões holandesas e o consequente incremento da escravidão indígena acabaram por estimular o bandeirismo paulista. No Maranhão, os franceses tentaram criar um segundo estabelecimento colonial, a França Equinocial.


    Grupo: Alfredo Lorran
    Antônio Dias
    Caroline Leone
    Eduardo Mello
    Henrique Senna
    Hugo Cerqueira
    José Breno
    José Marcelo
    Krisla Leite
    Vitória dos Santos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. http://www.coladaweb.com/historia-do-brasil/uniao-iberica

      https://brainly.com.br/tarefa/2031056

      Excluir
  5. Primeiramente a União Ibérica foi a unção da coroa portuguesa + a coroa espanhola. Nessa época de união em si parte do Brasil pertencia também aos espanhóis, mas eles não fizeram uso, por isso houve explorações para o interior do Brasil por parte de Portugal. Outro detalhe importante é que a Espanha estava em guerra com a Holanda, como forma de represália esta invadiu parte do nordeste brasileiro. A consequência mais imediata é que Portugal teve que entrar em guerra com a Holanda, que já combatia a Espanha; Portugal sofreu um bloqueio naval e diversas colônias foram atacadas, inclusive o Brasil (invasão holandesa no nordeste); detalhe pouco conhecido dessa história é que, depois de expulsar os holandeses do nordeste, uma frota naval de brasileiros foi combater os holandeses em Angola, e os expulsou de lá também. A união ibérica foi a junção do monarca principal, rei, que agora governava a Espanha e Portugal, fazendo assim que o tratado de Tordesilhas caísse fazendo com que as fronteiras brasileiras aumentassem e se misturassem.

    Equipe : Daniel S. Araújo filho ,Jamile costa, Valdirene sales .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. -Foi pedido o mínimo de 30 linhas, não 08 linhas.

      Excluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Houve uma época em que Portugal estava muito rico, ele decidiu guerrear com marrocos batalha de Alcácer-quibir, mais ele perdeu e morreu (1578), naquela época os reis batalhavam e morriam. Quando Sebastião( rei de Portugal) morreu , ele não deixou herdeiro algum , então teve que chamar alguém que fosse próximo (parente) para poder reger. Então chamou o cardeal Dom Henrique que, não reinou por muito tempo, morreu dois anos depois. Em seguida chamou o espanhol Felipe II, tio de Dom Sebastião, que tinha apoio dos nobres de Portugal para poder governar o reino de Portugal.
    A União Ibérica (1580 -1640) foi uma aliança entre a coroa portuguesa e a coroa espanhola, feita pelo rei espanhol Felipe II , mesmo ele sendo espanhol , ele podia governar o reino de Portugal ,pois naquela época não era considerada traição.
    Ele entrou sendo rei de Portugal praticamente sem guerra e com muito apoio de portugueses. Mais Portugal sofreu alguns prejuízos financeiros. A Espanha dominando Portugal , passou também a dominar as terras de Portugal, eram muitas terras. Foi o momento que outros países começaram a enfrentar a Espanha para tomar essas terras para si. Os principais inimigos na época era Inglaterra França e Holanda , mais quem se tornou o principal inimigo foi a Holanda. Os holandeses foram atacando os arredores das terras, já que não poderiam atacar a Espanha diretamente e assim eles encontram o Brasil , A Holanda dominou o nordeste do Brasil por muito tempo. Durante esse período os holandeses impediram os Portugueses de comprar os escravos da África para plantar cana, então os portugueses começaram a escravizar os Índios, mais ninguém havia explorado aquelas terras dos índios e não conheciam os riscos, então os portugueses chamou os bandeirantes para sair das suas terras para pegar metais preciosos e sair em busca dos Índios para vender como escravos .
    Houve consequência para o Brasil, o rompimento do tratado de Tordesilhas (uma linha imaginária que dividia o Brasil entre Espanha e Portugal), esse tratado foi rompido por que os portugueses queriam explorar as terras. Depois desse rompimento , quem chegasse em uma terra que ninguém tivesse posse, poderia ser dono daquelas terras e assim o Brasil foi expandindo. Houve então guerra entre Portugal e Espanha , destruindo totalmente o tratado e com a Restauração Portuguesa, Portugal teve vitória sobre os espanhóis .

    INTEGRANTES:

    DANILO SANTOS
    MEIRIELE
    YASMIN ELEN
    LARISSA AGUIAR
    ELISANGELA SILVA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. -O início do texto está muito confuso.
      -Felipe II não foi chamado. Ele lutou para se apossar do trono português.

      Excluir