quarta-feira, 3 de maio de 2017

Prova da I Unidade (Turma 3ºA Vespertino)

Escreva um texto dissertativo, com o mínimo de 30 linhas, explicando o que foi o New Deal e de que maneira ele ajudou os Estados Unidos a sair da Crise Econômica na década de 1930, contrariando a doutrina do Liberalismo Econômico.




PERÍODO: 12/05 - 14/05.

OBSERVAÇÕES: Não será aceito postagem fora do prazo, assim como também, cópias da internet, livros ou revistas. O objetivo desse trabalho é fomentar a produção textual, e não a colagens de trabalhos alheios.
Vale lembrar, que no Brasil, plágio é crime!

Valor: 04 pontos. 

7 comentários:

  1. Integrantes:
    Artur Cezar
    Caylane de Jesus
    Dário Araújo
    Emilly Lima
    Ianna Moraes
    Kessia Almeida
    Railane


    O New Deal foi uma série de medidas realizadas pelo presidente Franklin Roosevelt em 1933 para ajudar a amenizar os efeitos da crise de 1929, que deixou a economia dos Estados Unidos arrasada, fechando milhares de empresas e desempregado em torno de 15 milhões de pessoas.
    Com o fim da primeira guerra mundial, os países Europeus ficaram devastados, e os Estados Unidos lucrou com as vendas de alimentos e produtos industrializados para os tais aliados. Mas conforme os países europeus foram retomando a sua economia, os Estados Unidos começaram a se prejudicar produzindo mais do que estavam a exportar, o que fez diversas empresas caírem, fazendo por fim a bolsa de valores de New york ter também a sua queda. Onde iniciou a grande depressão de 1929, e para recuperar as perdas causadas pela crise, foi criada o New Deal com o objetivo também de reformar a economia Estadunidense. E para que isso acontecesse as medidas realizadas dentro do tal acordo, foram: Controlar preços de produtos agrícolas e industriais; a licença de empréstimos a diversos fazendeiros prejudicados; A realização de novas obras públicas; A criação do Seguro Desemprego e da Assistência Social; Carga Horária de trabalho limitada e definição no salário mínimo; e a desvalorização da moeda. Contrariando então o Liberalismo Econômico que tinha como objetivo a “lei da oferta e da procura”. Ou seja, as decisões econômicas eram tomadas pelo o indivíduo e não pelas instituições ou governos. Já no Novo Acordo as pessoas de certa forma eram limitadas economicamente, pois o governo estava a controlar a economia do seus país.
    O New Deal ( ou Novo Acordo) demonstrou desde o começo ótimos resultados. No início da década de 1940, os Estados Unidos já havia ótimas condições financeiras. Após a volta do mercado acionista, as indústrias voltaram a produzir. Automaticamente houve uma grande diminuição de desempregados, os trabalhadores obtiveram um aumento na renda e assim um aumento também nas vendas e exportações para o mercado externo.
    Mesmo havendo diversos gastos públicos altíssimos, vários economistas acreditavam que teriam um bom resultado, que levaria a uma saída dessa imensa crise econômica mundial.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. -O New Deal não representou um controle do Estado sobre a economia, e sim uma intervenção do Estado, na medida que conciliava com as leis de livre comércio.
      -Não atingiu a quantidade mínima de linhas.

      Excluir
  2. Alunos:
    João Vitor Araujo
    Alice Sabinno
    Karina Geovany
    Ingrid

    O New Deal foi um conjunto de medidas tomadas sob o governo do Presidente Norte Americano Franklin Delano Roosevelt, tendo como objetivo reaver a economia dos Estados Unidos e acabar com a grande depressão.
    Para entendermos o New Deal, primeiramente, devemos saber o que foi a “grande depressão” ou a crise de 1929. Após a primeira guerra mundial, a Espanha estava destruída, sua economia quebrada, assim, não poderia reconstruir e reaver os prejuízos; Como os Estados Unidos estava em ascensão cada vez mais, a Europa começou a comprar suprimentos, pegar dinheiro com altas taxas de juros, para que pudesse reconstruir seu território, assim, os Estados Unidos se tornou o maior exportador do mundo. Após um período, os Estados Unidos começou a produzir mais do que a demanda, por que a Europa já estava basicamente reestruturada, desta forma, não necessitava totalmente dos produtos que os EUA produziam. De modo que, os EUA começaram a perder produtos, os preços caiam, as produções diminuíam, e assim os produtores tiveram que diminuir os empregados, tendo uma grande taxa de desempregados causando uma “grande depressão”. Com isso os EUA não poderiam ficar no “fundo do poço”, e assim foi criado o New Deal com a ideia de reaver a economia, mas, ao contrario do liberalismo econômico, com o New Deal o Estado poderia intervir na economia, fazendo assim suas mudanças como equilibrar as contas com medidas como, por exemplo, estabelecer o controle sobre o preço dos produtos que eram vendidos, estabelecer o salário mínimo para os trabalhadores e limitar a sua jornada de trabalho.
    Logo, após todas as medidas e programas econômicos e sociais, o impacto do New Deal nos Estados Unidos foi notório e bem sucedido, já no começo de 1940 apresentou resultados. Com todas as mudanças no mercado, de acordo com os críticos houve um crescimento no déficit público e no trabalho informal, mas o mercado acionário voltou a funcionar, a taxa de desemprego diminuiu, as indústrias retomaram as produções, tendo que empregar mais pessoa, renda dos trabalhadores aumentou, houve também uma redução da desigualdade de renda, a assistência aos pobres e a expansão da seguridade social, especialmente de idosos. Apesar dos gastos públicos elevados e as renuncias fiscais com a dívida pública, muitos economistas, acionistas e analistas declararam que os resultados bons, que tiraram os EUA da crise e da depressão, tenham compensado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. -Não atingiu a quantidade mínima de linhas, mas é um bom texto.

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Componentes:
    Emili de Jesus Santana
    Ernanda Lopes
    Angélica Santos
    Mauricio Ranieri Silva de Carvalho
    Gabriel Fernando da Silva


    O New Deal foi um conjunto de medidas econômicas e sociais que foram tomadas pelo presidente Franklin Delano Roosevelt entre 1933 e 1937, que tinha como principal objetivo, criar condições para a diminuição do desemprego através de investimentos estatais e privados.
    Diferente do Liberalismo econômico onde se pregava-se o ideal de que a economia seria um organismo auto regulamentado, ou seja, quanto maior liberdade dada as atividades econômicas; maior seriam as condições para que determinado país conseguisse ampliar suas fontes de riqueza. O setor financeiro especulativo aproveitou-se então para estabelecer uma perspectiva artificial do crescimento econômico. Sentindo os impactos desse processo de artificialização da economia, se exigiu ao governo Americano a criação de um modelo alternativo de desenvolvimento econômico. Foi em 1932 que Roosevelt tinha como desafio reerguer a maior economia da época que estava afundada em uma bolha inflacionária decorrido da grande expansão de crédito, produção excessiva de produtos agrícolas e o grande desastre da quebra da bolsa de Nova York; Para enfrentar essa crise Roosevelt usou trabalhos de um grupo de renomados economistas inspirados em Keynes para elaborar a New Deal. As principais medidas tomadas por meio desse novo modelo econômico foram:
    Desvalorizar o dólar ,tornar a exportação mais competitiva ;
    Evitar empréstimos no banco para não haver falência no sistema financeiro;
    A criação do sistema de seguridade social, com destaque para o seguro desemprego e a lei de seguridade de 1933; gerando a criação de sistemas de previdência social; sistema no qual os órgãos redefiniram suas estruturas, modificando por exemplo: as relações entre patrões e empregados;
    O direito de organização Sindical;
    Estimulo à produção agrícola; em que o governo intervia, dando aos pequenos produtores facilidades aos créditos; comprando os produtos estocados que não sairiam no mercado;
    E a construção de uma grande quantidade de obras públicas como: Hospitais, escolas, aeroportos e etc. Além de controlar o progresso econômico a New Deal também implantou uma série de ações que conciliavam as questões econômicas com as sociais.
    As medidas alcançaram êxito, revigorando novamente o capitalismo norte Americano, principalmente depois do término da Segunda Guerra Mundial; nesse contexto os Estados Unidos saiu em extrema vantagem comparado as outras nações participantes da guerra, foi considerado como tal a maior potência do mundo ajudando as outras nações a se reerguerem do grande desastre econômico do pós-guerra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. -O texto não atingiu a quantidade mínima de linhas.
      -Cuidado com a organização textual.

      http://brasilescola.uol.com.br/historiag/new-deal.htm

      Excluir